Colors: Green Color

O Instituto de Pós-Graduação (IPOG) em parceria com o Conselho Regional de Farmácia (CRF), irá sortear 1 meia bolsa para um dos DOIS cursos de pós-graduação em Farmácia.

Turmas em João Pessoa!
Clique no link para participar:
http://info.ipogpb.ipog.edu.br/sorteio-crf

Se tem uma coisa que nós, brasileiros, sabemos fazer muito bem é contar história!

O Sistema CFF/CRFs quer contar com a sua colaboração para divulgar boas e inspiradoras histórias sobre a profissão farmacêutica.

Já está no ar o site meufarmaceutico.cff.org.br, um espaço de divulgação de vídeos com depoimentos de pessoas para as quais o trabalho do farmacêutico fez a diferença.

A coletânea de vídeos faz parte da campanha que o Sistema CFF/CRFs está promovendo em alusão ao Dia Internacional do Farmacêutico, 25 de setembro.

Alguma vez, em qualquer fase da sua hsitória, um farmacêutico fez diferença em sua vida? Conte pra gente!

Acesse: meufarmaceutico.cff.org.br

O Ministério Público da Paraíba (MPPB), Vigilâncias Sanitárias, Corpo de Bombeiros e Conselhos Regionais de Medicina, Farmácia e Enfermagem estão realizando, nesta terça-feira (3), a operação Salus, para fiscalizar unidades de saúde públicas e hospitais privados, localizados no município de Patos, no Sertão.

A operação está sendo coordenada pela Promotoria de Justiça de Patos, com apoio do Programa de Proteção e Defesa do Consumidor (MP-Procon). O objetivo é verificar as condições de atendimento e de funcionamento oferecidas, respectivamente, a pacientes e aos profissionais de saúde que atuam nesses serviços. “O esforço objetiva fiscalizar as 41 UBS's e implementar o projeto 'Saúde do Paciente'", acrescentou o 8° promotor de Justiça de Patos, Uirassu Medeiros, que atua na defesa do consumidor e do direito à saúde.

Já o diretor-geral do MP-Procon, o promotor de Justiça Francisco Glauberto Bezerra, ressaltou que um dos eixos de atuação do órgão é a saúde do paciente, o que motivou a criação e implementação do Programa de Proteção a Acidentes de Consumo. A iniciativa atua em diversas áreas, inclusive a da saúde. “A Política Nacional das Relações de Consumo tem por objetivo o atendimento às necessidades dos consumidores, o respeito à dignidade, saúde, a proteção de seus interesses econômicos, a melhoria da sua qualidade de vida, bem como a transparência e harmonia das relações jurídicas de consumo, reconhecendo-se a vulnerabilidade do consumidor no mercado de consumo. Uma das bases da segurança humana, introduzida pelo PNUD (Programa das Nações Unidas para o Desenvolvimento),em 1994, é a garantia da segurança em saúde”, justificou.

Os órgãos envolvidos estão verificando o cumprimento de normas relativas a questões sanitárias, a existência e o cumprimento de protocolos de segurança do paciente do Ministério da Saúde, bem como questões relacionadas à estrutura dos prédios onde os serviços funcionam. Os relatórios de inspeção deverão ser encaminhados ao Ministério Público para que sejam adotadas as providências necessárias à solução dos problemas e irregularidades eventualmente encontrados.

 

As mais lidas

  • Semana

  • Mes

  • Todas